Construtoras adotam medidas de prevenção para manter obras

  • Por Jovem Pan
  • 27/03/2020 07h11
Antônio Cruz/Agência BrasilO mercado vinha em forte recuperação no ano passado pelo segundo ano consecutivo

O setor imobiliário adota medidas sanitárias e não quer parar durante a pandemia do coronavírus. O poder público autoriza os canteiros de obras.

O presidente da Abrainc, Luiz França, explica as medidas restritivas. “Felizmente as obras continuam operando normalmente, mas com um cuidado extremo com os operários. Hoje a primeira coisa é medir a temperatura, adotamos turnos diferentes para ter o menor número de pessoas nas obras e horários diferentes nos refeitórios.”

A Associação Brasileira de Incorporadoras Imobiliárias reconhece o forte impacto econômico do coronavírus nas vendas em 2020.

“O mercado imobiliário puxa a economia. O PIB imobiliário é a grande locomotiva da economia de qualquer país. O fato de continuarmos nas obras de forma saudável é muito importante para a economia brasileira. Mas, com relação as vendas, é óbvio que elas diminuem.”

O mercado vinha em forte recuperação no ano passado pelo segundo ano consecutivo. A Abrainc registrou crescimento de 30% dos alvarás para novos projetos em São Paulo, sendo a melhor marca desde 2014.

*Com informações do repórter Marcelo Mattos