Correios iniciam campanha para adoção de cartinhas de Natal

  • Por Jovem Pan
  • 13/11/2018 07h58 - Atualizado em 13/11/2018 09h29
Agência BrasilAs cartinhas podem ser adotadas por qualquer pessoa, que fica comprometida a atender o pedido do apadrinhado

Os sonhos de Natal de milhares de crianças carentes já podem ser realizados em todo o país. Foi inaugurada em São Paulo, nesta segunda-feira (12), a Casa do Papai Noel dos Correios.

O local e outras unidades distribuídas pelo Brasil estão recebendo cartas de meninos e meninas que não têm possibilidades de receber presentes da família em 25 de dezembro.

As cartinhas podem ser adotadas por qualquer pessoa, que fica comprometida a atender o pedido do apadrinhado. O superintendente estadual de operações dos Correios, Marcos Venicio, destacou a importância dessa campanha. Ele lembrou que em 2017, mais de 1,1 milhão de cartas foram entregues aos Correios, sendo que 600 mil foram apadrinhadas e os autores receberam os presentes.

Para a chefe administrativa financeira de Espaço Físico da USP, Izabel Cristina, o projeto leva esperança às famílias mais carentes. Ela comemorou o crescimento da campanha nos últimos anos.

Quem também se divertiu bastante na festa foi a Liliane, de 13 anos, que pediu uma maleta de maquiagem e um tênis. Para ela, o importante é acreditar. Já o Carlos Eduardo, também de 13 anos, tem três irmãos. Neste Natal ele pediu uma cesta de doces para poder comer assistindo desenhos. Tão jovem, ele já tem a vivência para identificar o peso da campanha.

A Casa do Papai Noel fica na unidade da Vila Leopoldina dos Correios, junto à Fábrica de Brinquedos, onde os presentes são preparados e encaminhados aos centros de distribuição, antes da entrega nas casas das crianças.

As datas, locais e horários da campanha podem variar em cada Estado. As informações da campanha podem ser acessadas em www.blog.correios.com.br/papainoeldoscorreios.

*Informações do repórter Matheus Meirelles