Cotado para ser vice de Doria, Kassab informa que não deixará o Governo

  • Por Jovem Pan
  • 05/04/2018 06h30
Antonio Cruz/Agência BrasilAs negociações em torno das substituições estão a todo vapor em Brasília

Cotado para ser vice na chapa encabeçada pelo tucano João Doria ao governo de São Paulo, o ministro das Comunicações, Gilberto Kassab, informou nesta quarta-feira (04) que não pretende deixar o Governo nesse momento.

Até sábado (07), todos os ministros candidatos deverão deixar os cargos. A expectativa é de que o ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, e da Educação, Mendonça Filho, devem entregar os cargos até esta sexta (06).

Os ministros de Minas e Energia, Fernando Coelho Filho, e da Integração Nacional, Hélder Barbalho, participaram da última solenidade no Palácio do Planalto quando eles fizeram balanço de suas ações e foram inclusive elogiados pelo presidente Temer.

O presidente, inclusive, tem elogiado muito a equipe que sai, o ministro do Meio Ambiente, Sarney Filho, que também deverá deixar o Governo foi elogiado pelo presidente que comemorou o fato do desmatamento da Amazônia ter caído no último ano.

Os ministros do Turismo, Max Beltrão, do Esporte, Leonardo Picciani e Osmar Terra, do Desenvolvimento Social, também deverão deixar os cargos até amanhã.

As negociações em torno das substituições estão a todo vapor em Brasília. A pressão é grande, uma vez que os partidos tentam manter o controle das pastas, apesar de divergências inclusive dentro das próprias legendas.

*Informações da repórter Luciana Verdolin