CPMI das Fake News convoca Gleisi, Hang e chefe da comunicação do Governo

  • Por Jovem Pan
  • 24/10/2019 06h21 - Atualizado em 24/10/2019 11h05
Geraldo Magela/Agência SenadoTodos terão que prestar esclarecimentos sobre a suposta divulgação de notícias falsas durante a eleição passada

A CPMI das Fake News aprovou nesta quarta-feira (23) 66 requerimentos, com convocações e convites para depoimentos. Entre os convocados, que são obrigados a comparecer, estão a deputada Gleisi Hoffman, o médico Dráuzio Varella e os empresários Paulo Marinho e Luciano Hang.

Todos terão que prestar esclarecimentos sobre a suposta divulgação de notícias falsas durante a eleição passada. O senador do PT, Humberto Costa, reagiu à convocação de integrantes do partido. “Quem está nos acusando de querer politizar, é quem está partidarizando essa questão.”

Houve também a tentativa, por parte da oposição, de convocar Carlos Bolsonaro, mas o nome não foi aprovado. Para o irmão do vereador, o deputado Eduardo Bolsonaro, seria “indiferente”. “Acho que, se ele vier aqui, ele vai falar muitas verdades – como sempre, nas redes sociais.”

A CPMI das Fake News é uma comissão parlamentar mista, ou seja, que reúne senadores e deputados.

Entre os convidados, que não são obrigados a depor, aparecem o ex-ministro Carlos Alberto dos Santos Cruz e os deputados Delegado Waldir e Joice Hasselmann, ambos do PSL.

*Com informações do repórter Vitor Brown