Crea-SP vai recorrer de decisão que barrou eleição presencial na entidade

O Crea-SP pretende manter a eleição para presidente do Conselho no dia 15 de julho no modelo presencial

  • Por Jovem Pan
  • 27/06/2020 09h10
Antônio Cruz/Agência BrasilO desembargador do TRF-3, Nery da Costa Júnior, concedeu liminar após ação proposta pelo candidato a presidente, José Manoel Ferreira Gonçalves

O Crea (Conselho Regional de Engenharia e Agronomia de São Paulo) vai recorrer de decisão da Justiça que obriga a votação virtual para a presidência da entidade.

O desembargador do TRF-3, Nery da Costa Júnior, concedeu liminar após ação proposta pelo candidato a presidente, José Manoel Ferreira Gonçalves, que defendeu o voto pela internet em razão da pandemia do coronavírus.

O Superintendente Jurídico do Crea, Holmes Naspolini, justifica o modelo de voto presencial por determinação do Conselho Federal de Engenharia. O Crea São Paulo pretende recorrer a Justiça após intimação e manter a eleição para presidente do Conselho no dia 15 de julho no modelo presencial.

*Com informações do repórter Marcelo Mattos