David Uip quer mais ajuda das cidades na campanha de vacinação contra a febre amarela

  • Por Jovem Pan
  • 06/03/2018 07h32
Divulgação/Arquivo Agência AssembleiaRepresentantes do Estado, da União e de várias cidades paulistas se reuniram nesta segunda-feira (05) num simpósio na Capital para discutir o panorama da doença

O Governo de São Paulo quer a ajuda dos municípios para fazer um esforço mais agressivo de vacinação contra a febre amarela.

Representantes do Estado, da União e de várias cidades paulistas se reuniram nesta segunda-feira (05) num simpósio na Capital para discutir o panorama da doença.

As autoridades prorrogaram na sexta-feira, pela segunda vez, a campanha em São Paulo e em outras 53 cidades até 16 de março.

O secretário estadual da saúde, David Uip, reconheceu que a adesão à vacina ainda é baixa e vai pedir um esforço extra dos municípios.

A campanha estadual já vacinou metade do público-alvo, aplicando quatro milhões e seiscentas e cinquenta mil doses.

A região com menor cobertura da imunização é a baixada santista, onde apenas 36,8% das pessoas procuraram o soro.

*Informações do repórter Tiago Muniz