De olho na eleição, secretário da Habitação do Estado de SP, Rodrigo Garcia, deixa cargo

  • Por Jovem Pan
  • 02/02/2018 06h47
Charles Sholl/Estadão ConteúdoRodrigo Garcia já se declarou pré-candidato ao governo de São Paulo. É mais um nome que mostra a fragmentação da base aliada de Geraldo Alckmin na corrida ao Palácio dos Bandeirantes

De olho na corrida eleitoral, Rodrigo Garcia pede demissão da Secretaria Estadual da Habitação de São Paulo. Um dos vice-presidentes nacionais do Democratas, o político reassume uma cadeira na Câmara dos Deputados.

A expectativa é que ele concorra à liderança do partido na bancada.

Rodrigo Garcia já se declarou pré-candidato ao governo de São Paulo. É mais um nome que mostra a fragmentação da base aliada de Geraldo Alckmin na corrida ao Palácio dos Bandeirantes.

Dentro do PSDB, oficialmente estão no páreo o secretário de desenvolvimento social Floriano Pesaro e o empresário Luiz Felipe d’Ávila.

No entanto, mesmo dizendo que a intenção é ficar na Prefeitura de São Paulo, o nome de João Doria é o mais forte entre os tucanos.

O vice-governador Márcio França, do PSB, disse que também vai lançar candidatura, mesmo que não tenha apoio do PSDB.

Com as possibilidades em aberto, Rodrigo Garcia deixa a secretaria bem antes do prazo determinado pela Justiça Eleitoral, em abril. Se trata da primeira baixa no secretariado de Alckmin em razão das eleições.

No lugar de Garcia, assume o atual adjunto da pasta, Nelson Baeta Neves Filho, também filiado ao Democratas.

*Informações do repórter Tiago Muniz