Defesa de ex-secretário de Saúde do RJ irá recorrer para evitar cassação de registro profissional

  • Por Jovem Pan
  • 27/09/2018 06h39
Tânia Rêgo/Agência BrasilA decisão de cassação foi tomada pelo Conselho Regional de Medicina do RJ, mas o parecer tem de ser submetido obrigatoriamente ao CFM

Os advogados do ex-secretário de Saúde do Rio de Janeiro Sérgio Côrtes disseram que irão recorrer ao Conselho Federal de Medicina para que ele não tenha o registro profissional cassado.

A decisão de cassação foi tomada pelo Conselho Regional de Medicina do RJ, mas o parecer tem de ser submetido obrigatoriamente ao CFM. Cabe ao órgão dar o parecer final, ratificar ou rejeitar a decisão do Cremerj.

Côrtes foi preso no mês passado em mais um desdobramento da Lava Jato.

A argumentação do Cremerj é que Côrtes não tem condições de continuar atuando depois de todos os crimes que cometeu no RJ prejudicando a saúde pública e atendimento a milhares d epessoas no Estado.

Os desvios detectados pelas investigações da Operação Fatura Exposta apontam para R$ 300 milhões. Côrtes continua preso, mas seus advogados dizem que a cassação do registro seria uma dupla pena.

*Informações do repórter Rodrigo Viga