Delegado é investigado por cobrar taxa para registro de boletim de ocorrência na Baixa Fluminense

  • Por Jovem Pan
  • 08/08/2018 07h20
Reprodução/Google MapsSegundo o delegado, o valor seria revertido para a compra de insumos e para uma melhor prestação de serviço à comunidade

Delegado cobrava para fazer registro de boletim de ocorrência em delegacia. O caso aconteceu na Distrital de Duque de Caxias, na Baixada Fluminense, a 59ª DP.

O titular da delegacia, delegado Júlio César Pirro de Carvalho, baixou uma norma determinando que cada registro deveria ser cobrado. A taxa seria de R$ 55,72.

Segundo o delegado, o valor seria revertido para a compra de insumos e para uma melhor prestação de serviço à comunidade.

A cúpula da Polícia Civil foi informada e está investigando o caso. As apurações são conduzidas pela Corregedoria.

Apesar de estranha a cobrança, segundo alguns especialistas, a cobrança de taxa para abertura de inquéritos está prevista em lei.

*Informações do repórter Rodrigo Viga