“Democracia começa dentro de casa”, diz Alckmin ao defender prévias no PSDB

  • Por Jovem Pan
  • 27/12/2017 08h23 - Atualizado em 27/12/2017 08h23
Johnny Drum/Jovem PanAlckmin defendeu que o voto de um senador ou deputado tucano seja igual do de um filiado

Com a expectativa de o prefeito de Manaus, Arthur Virgílio, querer ser o nome do PSDB para a Presidência da República, as prévias parecem ser o melhor caminho para que o partido defina seu nome para a disputa.

Junto a ele está o governador de São Paulo, Geraldo Alckmin, que aparece como favorito para ser o nome entre os tucanos, e que, em entrevista exclusiva ao Jornal da Manhã, foi categórico: “democracia começa dentro de casa, então nós que defendemos valores democráticos temos que usar”.

Repetindo o que vem dizendo há diversas entrevistas, de que “prévia não divide, prévia escolhe”, Alckmin defendeu que o voto de um senador ou deputado tucano seja igual do de um filiado.

“A gente deve ser coerente e fazer as coisas por coerência. Em março é a tal da janela [partidária]. É a possibilidade de mudar de partido sem perder mandato. Recomendável é que defina candidato antes da janela. A gente poderia fazer a prévia até o início de março. Uma prévia que todos possam votar”, defendeu.

Confira a entrevista completa com o governador de São Paulo, Geraldo Alckmin: