Demora na liberação de crédito preocupa indústria em meio à pandemia

  • Por Jovem Pan
  • 08/04/2020 06h55
EFE/EPA/VASSIL DONEVO Banco Central autorizou uma linha de crédito para a folha de pagamento às empresas com faturamento de até R$ 10 milhões

A indústria critica o setor financeiro pela não concessão de crédito. Na prática, as linhas autorizadas pelo Banco Central não chegam para o capital de giro necessário, diante da paralisação das atividades provocada pelo coronavírus.

É o que reclama o presidente da Abimaq. José Velloso explica que 78% das fabricantes de máquinas e equipamentos buscam os financiamentos, mas encontram dificuldades ou taxas entre 12% a 15%.

“Os bancos não tem interesse de repassar a linha. Eles estão colocando dificuldades, além dos custos altos de repasse. Com aumento do risco das empresas, os bancos não estão repassando. O banco tem acesso ao recurso, mas ele não chega em quem precisa.”

O Banco Central autorizou uma linha de crédito para a folha de pagamento às empresas com faturamento de até R$ 10 milhões. Acima deste total o empréstimo tem aval do BNDES, mas é executado pelos bancos.

*Com informações do repórter Marcelo Mattos