Deputados da UE pedem fim de acordo com Mercosul após morte de Marielle Franco

  • Por Jovem Pan
  • 16/03/2018 06h56 - Atualizado em 16/03/2018 08h45
Reprodução/FacebookOs partidos representam cerca de 7% dos assentos no Parlamento

Mais de 50 deputados do grupo da esquerda unitária europeia pediram a suspensão imediata das negociações comerciais entre União Europeia e Mercosul, depois do assassinato da vereadora do PSOL, Marielle Franco.

Os partidos representam cerca de 7% dos assentos no Parlamento.

A carta diz que a política de segurança do Brasil e do Estado do Rio de Janeiro, baseada no aumento da presença de militares, não fez mais do que agravar o clima de violência no país.

O documento foi assinado pelo eurodeputado espanhol Miguel Urbán Crespo, do partido de esquerda Podemos, que prestou solidariedade à ativista brasileira.

Entre janeiro e agosto de 2017, 58 defensores dos direitos humanos foram mortos no Brasil de acordo com o relatório divulgado pela Anistia Internacional.

*Informações do repórter Victor Moraes