Derrotados na disputa presidencial se reúnem a partir desta terça (09) para definir apoios

  • Por Jovem Pan
  • 09/10/2018 07h03
Flickr/Retratos do BrasilTambém nesta terça, os deputados e senadores voltarão ao Congresso e trarão as histórias de campanha, justificativa de derrotas e avaliações de perdas e danos

As estratégias para o segundo turno estão sendo articuladas, e o primeiro passo será conversas com candidatos que não passaram.

Os partidos se reúnem a partir desta terça-feira (09), em Brasília, e vão definir o posicionamento na disputa.

No PT, o candidato à presidência, Fernando Haddad, está sendo pressionado para esquecer os temas mais radicais. Fechar um compromisso com a nova Carta ao Povo Brasileiro e esquecer a bandeira Lula Livre.

Já o candidato do PSL, Jair Bolsonaro, evita, num primeiro momento, fechar apoio com setores que estão disputando o segundo turno nos Estados. O discurso dele já está sendo afinado para ganhar o eleitor de centro.

O grande desafio será provar que não é o “brucutu antidemocrático” que está sendo pintado pelos adversários.

Os detalhes definirão a eleição. Também nesta terça, os deputados e senadores voltarão ao Congresso e trarão as histórias de campanha, justificativa de derrotas e avaliações de perdas e danos.

Confira a cobertura completa das Eleições 2018

*Informações do repórter José Maria Trindade