Desastres por chuvas no RJ ocorrem desde o século 18 e podem ser evitados, avalia especialista

  • Por Jovem Pan
  • 11/04/2019 07h03
DivulgaçãoUma gestão eficiente das ferramentas de prevenção poderia evitar o caos em toda região

A afirmação do prefeito do Rio de Janeiro, Marcelo Crivella, de que não é possível garantir prevenção de desastres em toda a cidade não é consenso entre especialistas. Crivella ainda classificou como atípico o temporal e atribuiu o grande volume de água ao aquecimento global.

Segundo engenheiros e urbanistas, a cidade do Rio de Janeiro sofre em função da sua geografia, já que foi erguida em áreas de mangue e alagadiços, propensas a alagamentos.

O especialista em gerenciamento de riscos, Gustavo Cunha Mello, afirmou que desde o século 18 há registros de grandes desastres causados por chuvas no Rio. Para o especialista, como a destruição por conta de temporais é conhecida e até esperada, uma gestão eficiente das ferramentas de prevenção poderia evitar o caos em toda região.

Cunha Mello ainda lembrou que obras de infraestrutura como piscinões também são necessárias, mas receberam pouco investimento até aqui.

*Informações da repórter Victoria Abel