Descaso com crianças em abrigos derruba chefe de agência dos EUA para fronteiras

  • Por Jovem Pan
  • 26/06/2019 08h43 - Atualizado em 26/06/2019 08h46
Marcello Casal Jr./ABrCerca de 250 crianças eram mantidas por semanas em uma estação superlotada de patrulha, sem alimentação adequada ou condições básicas

O comissário em exercício da Agência Alfandegária e Proteção de Fronteiras dos Estados Unidos, John Sanders, pediu demissão e deve deixar o cargo no dia 5 de julho.

A demissão de John Sanders vem em meio a uma série de críticas pelo tratamento dado a crianças e adolescentes imigrantes nas fronteiras.

Cerca de 250 crianças vinham sendo mantidas por semanas em uma estação superlotada de patrulha no Texas, sem alimentação adequada ou condições básicas de higiene. Por causa disso, o governo era alvo constante de críticas de ativistas dos direitos dos migrantes e do partido democrata.

Em entrevista a jornalistas, o presidente norte-americano, Donald Trump, disse que está preocupado com a situação das fronteiras e que quer fazer um acordo com democratas para conseguir ajuda humanitária.

Antes de pedir demissão do cargo, Sanders já tinha trabalhado como chefe de operações da Agência Alfandegária e Proteção de Fronteiras dos Estados Unidos e como chefe de tecnologia da Administração de Segurança nos Transportes.

*Com informações da repórter Mariana Janjácomo