Desempenho da indústria de máquinas e equipamentos no ano é o melhor desde 2014 

  • Por Jovem Pan
  • 10/12/2019 06h58
CC Creative CommonsPara Joao Carlos Marchesan as reformas vão gerar competitividade, além de uma política de seguro de crédito e financiamento para os exportadores

Números foram divulgados nesta segunda-feira (9) pela Abimaq (Associação Brasileira da Indústria de Máquinas e Equipamentos) mostram que o setor registrou o melhor balanço no ano desde 2014. O crescimento nas vendas foi de 8% na comparação com 2018.

O presidente da Abimaq, João Carlos Marchesan, explica que as expectativas para o ano que vem é ainda melhor. “Nós passamos um período recessivo a partir de 2014 muito sério, a indústria caiu 50% nesse período. Mas estamos retomando.”

O presidente da Abimaq cita a reforma da Previdência como um dos principais motivos para o investimento estrangeiro no Brasil e diz que, mais importante do que ela, somente a aprovação da reforma tributária.

“Com as reformas implementadas ente demos que teremos potencia para retomar os investimentos e credibilidade com uma velocidade maior.”

Para Joao Carlos Marchesan as reformas vão gerar competitividade, além de uma política de seguro de crédito e financiamento para os exportadores. Desse jeito, o Brasil tende a crescer de uma maneira mais sustentável e consciente em 2020.

*Com informações do repórter Victor Moraes