Desmatamento na Amazônia tem a primeira queda em cinco anos

  • Por Jovem Pan
  • 23/08/2017 08h21
Elza Fiúza/Agência BrasilA pesquisa é do Instituto do Homem e Meio Ambiente da Amazônia, o Imazon

A taxa de desmatamento na Amazônia Legal apresentou queda de 21% neste ano na comparação com o ano passado. Os dados são referentes ao período entre os meses de agosto de 2016 e julho de 2017 e foram coletados pelo Sistema de Alerta de Desmatamento

A pesquisa é do Instituto do Homem e Meio Ambiente da Amazônia, o Imazon. No período pesquisado, a área de desmatamento acumulada foi de 2.834 quilômetros quadrados.

Apesar da queda, o pesquisador do Imazon, Antonio Victor, afirmou que os dados sobre o desmatamento na Amazônia ainda são preocupantes: “mesmo no processo de redução, ainda a questão de cultivo de soja, algodão, são fatores que contribuem para a manutenção da taxa elevada de desmatamento que vem ocorrendo nos últimos anos”.

O Imazon chamou a atenção para uma região da floresta amazônica que corre um grande risco.

Antônio Victor destacou a importância de avaliar as regiões mais desmatadas nos últimos anos: “outro ponto que é importante levar em consideração é a dinâmica do desmatamento onde ele está se distribuindo”.

Todos os estados da Amazônia Legal apresentaram queda no total das áreas desmatadas.

A maior baixa foi encontrada no Tocantins, onde o desmatamento diminuiu 54%.

*Informações do repórter Bruno Escudero