Detran-RJ abre processo para cassar CNH de sargento da PM que atropelou e matou empresário

  • Por Jovem Pan
  • 01/09/2017 07h05 - Atualizado em 01/09/2017 11h47
Detran alerta sobre venda de habilitação falsa pela internet. Foto: DetranApós a tragédia fizeram um histórico sobre o motorista e encontraram 99 multas acumuladas (foto ilustrativa)

Precisou acontecer uma tragédia para escancarar não só a imprudência de um motorista atropelador, mas também a ineficiência do Detran do Rio de Janeiro.

Nesta quinta-feira (31), o Detran anunciou que abriu um processo para cassar a habilitação do motorista, sargento da PM, Marcelo Soares, que, no final de semana, atropelou, matou e não parou para prestar socorro a um empresário ciclista.

O sargento da PM se apresentou à Polícia, prestou depoimento e foi liberado, mas, em princípio, após ser indiciado por homicídio culposo. Mas o inquérito ainda não foi concluído.

Após a tragédia fizeram um histórico sobre o motorista e encontraram 99 multas acumuladas, mais de 470 pontos na CNH e veículo sem licenciamento desde 2015.

*Informações do repórter Rodrigo Viga