Instituto aponta mais de 400 áreas sujeitas a deslizamentos em SP; veja

  • Por Jovem Pan
  • 18/11/2017 12h34
Defesa Civil/SP Defesa Civil/SP Deslizamento em Fransico Morato, no começo do ano, em São Paulo. População pobre é a mais atingida.

Um relatório identifica 407 áreas sujeitas a erosões e deslizamentos de terra, na cidade de São Paulo. O levantamento foi elaborado pela prefeitura e pelo Instituto de Pesquisas Tecnológicas – o IPT.

Veja a localização das áreas de risco no site da Prefeitura AQUI. Para encontrar as áreas identificadas, selecione a subprefeitura da sua região e depois veja a lista dos locais apontados como áreas de risco.

A Zona Sul concentra a maior parte dos locais (176 pontos); na sequência, aparecem as Zonas Norte (107 pontos) e Leste (100 áreas). As informações poderão ajudar a administração municipal a planejar ações para o período chuvoso.

No total, as áreas de risco mapeadas pelo relatório reúnem mais de 125 mil habitantes. O pesquisador do IPT, Eduardo Soares Macedo, ressalta que a maior parte destes locais estão em regiões carentes da cidade.

“Em geral são áreas de loteamentos irregulares e áreas que ‘sobram’ do mercado imobiliário, como morros e beiradas de rios. Há muitos deles inclusive ambientalmente proibidos de serem ocupados. A população mais pobre tem acesso a esse tipo de terreno e acaba construindo a sua casa”, explica.

O pesquisador Eduardo Soares Macedo, do IPT, alerta para a necessidade de fiscalização das áreas irregulares e de políticas habitacionais mais efetivas.

Veja as regiões que mais concentram áreas de risco de deslizamento em São Paulo, segundo estudo realizado pelo IPT para ajudar nos trabalhos da Prefeitura (Divulgação)

Chuva

O meteorologista do Centro de Gerenciamento de Emergências da prefeitura, Michel Pantera, diz que o verão deve ser de muita chuva, o que eleva os riscos.

“Haverá chuva acima da média. O verão, estação chuvosa, ainda vai começar, mas as chuvas já estão se estabelecendo. Então nos próximos meses nós devemos ter condições mais típicas de verão, com chuva generalizada”, alerta.

O meteorologista Michel Pantera ressalta que o feriado prolongado da Consciência Negra também deverá ser marcado por chuva em São Paulo. A Defesa Civil estadual já começou a enviar mensagens para moradores que vivem próximos às áreas de risco, alertando para os perigos dos temporais.

Com informações do repórter Jovem Pan Vitor Brown

Defesa Civil de SP vai alertar por SMS sobre riscos de temporais e deslizamentos