Dois casos de bala perdida no RJ deixam um homem de 62 anos morto e uma bebê ferida

  • Por Jovem Pan
  • 28/08/2018 10h19
Pixabay arma de fogo A bebê, identificada como Ana Luíza Costa, foi atingida de raspão por uma bala perdida em Bangu, na Zona Oeste

Mais casos de balas perdidas no Rio de Janeiro, desta vez, uma bebê de 9 meses e um porteiro de 62 anos de idade.

A bebê, identificada como Ana Luíza Costa, foi atingida de raspão por uma bala perdida em Bangu, na Zona Oeste. A menina foi medicada em hospital da região e depois liberada.

Segundo testemunhas, o pai dela teria se envolvido em uma briga e, um dos envolvidos sacou uma arma, e o tiro atingiu a bebê, de raspão.

Já o porteiro, de 62 anos, ficou no meio do fogo cruzado entre policiais militares e traficantes em Triagem, bairro da Zona Norte.

Nelson Farias Barros estava de bicicleta e tinha acabado de ir à padaria, comprar pão, quando foi atingido por uma bala perdida no confronto e morreu na hora.

*Informações do repórter Rodrigo Viga