Dois PMs são presos acusados de integrar quadrilha que roubava, clonava e revendia carros no RJ

  • Por Jovem Pan
  • 25/01/2019 06h45
Divulgação/PMERJSegundo o Gaeco, os carros eram roubados na região metropolitana e levados a uma comunidade, onde tinham placas, chassi e vidros desmontados

Dois policiais militares foram presos no Rio de Janeiro acusados de participar de quadrilha que roubava e clonava carros. A Polícia Civil e o Ministério Publico realizaram grande operação na região metropolitana para desbaratar quadrilha.

Os carros eram vendidos em seguida no mercado paralelo. Entre os presos estão dois PMs lotados no Batalhão de São Gonçalo. Alan Dutra Ferreira e Marcos Roberto Santos faziam parte da quadrilha que movimentava milhões de reais anualmente.

Segundo o Gaeco, os carros eram roubados na região metropolitana e levados a uma comunidade, onde tinham placas, chassi e vidros desmontados para que o veículo original fosse descaracterizado para ser vendido pela internet, em feiras ou até particulares.

O líder da organização, Leandro Pires dos Santos, comanda todo esquema de dentro da prisão no Complexo de Bangu, na zona oeste da capital.

*Informações do repórter Rodrigo Viga