Dólar registra nova alta e atinge cotação histórica de R$ 4,46

  • Por Jovem Pan
  • 27/02/2020 09h55
Arquivo/Agência BrasilAo todo, cotação já subiu 3,63% em fevereiro e registra alta acumulada de  10,75% em 2020

Em meio a expansão do coronavírus e aos possíveis impactos na economia global, o dólar abriu em alta nesta quinta-feira (27) pelo sétimo dia consecutivo, atingindo pela primeira vez a cotação de R$ 4,46. Ao todo, a moeda já subiu 3,63% em fevereiro e registra alta acumulada de  10,75% em 2020.

Até o momento, a máxima da cotação chegou a R$ 4,4616. Nesta quarta-feira, a moeda norte-americana fechou a R$4,4407, com alta de 1,10% e registrando um novo recorde de fechamento nominal, ou seja, sem considerar a inflação.

O mercado brasileiro reduziu para 2,20% a previsão de alta do PIB em 2020, de acordo com a pesquisa Focus do Banco Central, o que influencia em uma possível desvalorização da moeda, já que demonstra uma diminuição no crescimento previsto.

A redução da Selic desde julho de 2019 também é outro fator que contribui para a desvalorização do real ante o dólar, já que diminuiu o diferencial de juros entre o Brasil e outros países emergentes, tornando o investimento no país menos atrativo.

Visando controlar a alta da moeda e evitar a desvalorização do real, o Banco Central realiza leilão extraordinário de até 20 mil contratos de swap tradicional com vencimento em agosto, outubro e dezembro de 2020.