Doria assina primeiros contratos para despoluição do Rio Pinheiros

  • Por Jovem Pan
  • 03/12/2019 06h51
ReproduçãoO Governo destaca que este investimento já está previsto dentro do limite de endividamento do Estado

O Governo do Estado de São Paulo e a Sabesp anunciaram um investimento de R$ 2,5 bilhões de reais para saneamento básico. O valor contempla os quatro primeiros lotes de obras que vão ampliar o tratamento de esgoto para 47 mil imóveis, entre outras ações.

De acordo com o secretário de Infraestrutura e Meio Ambiente do Estado, Marcos Penido, o contrato que faz parte da revitalização do Novo Rio Pinheiros quebra um paradigma – já que o pagamento a quem executa o trabalho será por desempenho.

“Ele muda o paradigma daquele contrato que você paga por m³ escavado. É um contrato de performance. As empresas vão receber ao longo do contrato, e depois, por volume de esgoto coletado. Então é um valor já planejado.”

A expectativa de transformar o Rio Pinheiros em um local de convivência segue o cronograma. O governador João Doria reitera e assegura que, até o final da sua gestão, estará limpo.

“Eu não tenho medo e nem temor do que estamos fazendo para ter o Rio Pinheiros em condições de limpeza, dentro de padrões internacionais, até dezembro de 2022.”

O Governo destaca que este investimento já está previsto dentro do limite de endividamento do Estado.

*Com informações do repórter Daniel Lian