Doria exalta presença de Anitta em festa de aniversário de São Paulo: “muito felizes”

  • Por Jovem Pan
  • 16/01/2018 07h19
ReproduçãoNo palco principal do Vale do Anhangabaú, a denominada “A Festa da Cidade” começa às 11 horas da manhã do dia 25 de janeiro e se estende até o meio dia da sexta-feira

A festa dos 464 anos de São Paulo terá 25 horas de programação com destaque para as cantoras Paula Fernandes e Anitta.

No palco principal do Vale do Anhangabaú, a denominada “A Festa da Cidade” começa às 11 horas da manhã do dia 25 de janeiro e se estende até o meio dia da sexta-feira.

Paula Fernandes se apresenta a partir do meio dia, haverá um tributo a Rita Lee, David Bowie, e Anitta sob ao palco às 11 e 15 da noite.

O prefeito João Doria ressalta o repertório organizado pela Secretaria da Cultura: “grandes artistas brasileiros, todas as tribos e origens estão representadas aqui em São Paulo. Especialmente feliz com a presença de Anitta. Ela é um grande sucesso do mundo do show business, ao lado de artistas, mas ela é a que tem maior exposição neste momento no hit parade do Brasil. Muito felizes em receber Anitta na virada do dia 25 para o dia 26”.

A programação no centro de São Paulo ainda inclui as apresentações da Orquestra Sinfônica Municipal, o Balé da Cidade e a Orquestra Experimental de Repertório.

A Biblioteca Mário de Andrade receberá apresentações musicais e atividades literárias, show de Cida Moreira e Roberto Camargo e a atriz Rosi Campos conduz uma leitura encenada. E a Praça da República recebe o Hip Hop Celebration.

Para ampliar o acesso à programação dos 464 anos de São Paulo haverá atividades descentralizadas no Centro Cultural de Cidade Tiradentes, zona leste, Centro Cultural da Juventude, zona norte, Centro Cultural do Grajaú, zona sul, Centro Cultural Tendal da Lapa, zona oeste e os teatros Décio de Almeida Prado e Paulo Eiró, zona sul e Cacilda Becker, zona oeste.

A prefeitura espera receber até dois milhões de pessoas ao longo das festividades do aniversário de São Paulo, com esquema de segurança e infraestrutura semelhante ao Réveillon da Paulista, que atrai 1,7 milhão de pessoas.

*Informações do repórter Marcelo Mattos