Doria foi ‘péssimo prefeito e não respeito seu caráter’, dispara Goldman

  • Por Jovem Pan
  • 09/10/2018 08h51 - Atualizado em 09/10/2018 09h13
Divulgação"Ele é homem que não respeito seu caráter e sua forma de agir desde muito tempo”, disse em entrevista exclusiva ao Jornal da Manhã

Após deixar claro que não apoia João Doria (PSDB) na eleição ao governo do Estado de São Paulo, o ex-governador Alberto Goldman foi expulso do partido pelo diretório municipal. A Executiva nacional, entretanto, reagiu e afirmou que o diretório não possui tal competência.

Mesmo com a ameaça de ser submetido a um pedido de expulsão, desde que de acordo com o rito processual exigido pelo estatuto da sigla, Goldman reforçou sua crítica ao tucano Doria.

Sou contra Doria pela conduta que sempre adotou em relação a uma série de problemas na cidade. Foi péssimo prefeito, não fez gestão coisa nenhuma, e além disso o caráter dele. Você pode ter divergências políticas e administrativas, mas caráter não. Ele é homem que não respeito seu caráter e sua forma de agir desde muito tempo”, disse em entrevista exclusiva ao Jornal da Manhã.

Questionado sobre como agiria na votação ao segundo turno entre Márcio França (PSB) e o tucano, Goldman foi categórico: “Doria pra mim não”. Mas ele evitou dizer se apoiaria o pessebista.

Confira a entrevista completa: