Eduardo Bolsonaro culpa China por pandemia e embaixada cobra retratação

  • Por Jovem Pan
  • 19/03/2020 06h22 - Atualizado em 19/03/2020 09h58
ESTADÃO CONTEÚDONa postagem, Wanming marcou o ministro das Relações Exteriores, Ernesto Araújo, e o presidente da Câmara

O embaixador da China no Brasil, Yang Wanming, respondeu uma declaração de Eduardo Bolsonaro em que o deputado estadual culpa o país asiático pela pandemia de coronavírus.

Através do Twitter da embaixada chinesa, o diplomata criticou a postura do deputado e afirmou que a fala dele fere a relação amistosa entre os dois países. Nas palavras do representante da China no Brasil, “ao voltar de Miami, o filho do presidente contraiu vírus mental, que está infectando a amizade entre os povos”.

Yang Wanming também usou a própria conta na rede social para repreender a atitude de Eduardo Bolsonaro, dizendo que as palavras dele “são um insulto maléfico contra o povo chinês” e que não condiz com o cargo que ele ocupa.

Na postagem, Wanming marcou o ministro das Relações Exteriores, Ernesto Araújo, e o presidente da Câmara. Rodrigo Maia respondeu, desculpando-se em nome da Casa e reiterando que o comportamento do deputado “não condiz com a importância da parceria estratégica Brasil-China”.

*Com informações da repórter Camila Yunes