Eduardo e Joice trocam farpas; Bolsonaro diz que indicação está mantida

  • Por Jovem Pan
  • 19/10/2019 10h20
Wilson Dias/Agência BrasilJoice Hasselmann voltou a criticar Eduardo Bolsonaro em entrevista a jornalistas

O presidente Jair Bolsonaro negou que tenha suspendido a indicação do filho, o deputado Eduardo Bolsonaro, para a embaixada brasileira nos Estados Unidos.

Ao sair do Palácio da Alvorada nesta sexta-feira (18), quando recebeu o presidente do PSD Gilberto Kassab, o chefe do Executivo foi questionado por jornalistas sobre a possível nomeação de Eduardo para o cargo.

Bolsonaro disse que “por enquanto, está mantido”, indo na linha do que também havia afirmado o porta-voz da Presidência Otávio Rêgo Barros.

Porém, o que ecoa no Congresso é que a crise do PSL enfraqueceu o deputado e dificultou a busca por votos no Senado, responsável ou aprovar ou rejeitar indicações de embaixadores.

Quem comentou o assunto foi a agora ex-líder do governo no Congresso, deputada Joice Hasselmann, desafeto público de Eduardo Bolsonaro. Ela concorda que o objetivo do deputado ficou mais distante.

“Ele não conseguiu mostrar força sequer pra ser líder de um partido, ainda que a estrutura do Palácio tenha sido usada e o próprio presidente falado com alguns deputados. Então se com ajuda ele não conseguiu virar líder de um partido, qual a força que terá para ser embaixador?”.

Também na visão de Hasselmann, ainda que Eduardo consiga as assinaturas necessárias para ser o líder do partido na Câmara, isso se daria pressionando e coagindo parlamentares. Ela também comentou a destituição dele do diretório paulista do PSL, chamando Eduardo Bolsonaro de “menino”.

“Para comandar o partido em São Paulo em meio a essa meninice, acho que não tem muito sentido. O maior estado do país, o diretório que vai definir o futuro político do país, tem realmente que ser comandado por alguém que tenha força e maturidade política.”

Eduardo Bolsonaro respondeu nas redes sociais. Ele publicou uma montagem de uma nota de três reais com o rosto de Joice Hasselmann no centro, indicando que ela seria uma pessoa falsa.

*Com informações do repórter Levy Guimarães