Eleição do Crea-SP vai parar na Justiça; votação acontecerá pela internet

  • Por Jovem Pan
  • 26/06/2020 09h43 - Atualizado em 26/06/2020 10h57
EFEO CREA deverá realizar sua eleição pela internet e não via voto impresso, como inicialmente proposto pela sua diretoria

A eleição do Conselho Regional de Engenharia e Agronomia (Crea) de São Paulo foi parar na Justiça. O Desembargador do Tribunal Regional Federal da Terceira Região, Nery da Costa Junior, concedeu liminar determinando que o Crea realize sua eleição pela internet e não via voto impresso, como inicialmente proposto pela sua diretoria.

A ação foi movida pelo candidato a presidente, José Manoel Gonçalves. “Imagine fazer uma eleição que cria aglomeração. Tem cabimento levar o colega engenheiro a uma situação de risco absurda? Então é uma vitória da democracia, é uma vitória do bom senso e também saúde pública e questão social.”

A eleição para a presidência do Crea São Paulo está marcada para o dia 15 de julho.

O Crea-SP segue o regulamento do processo eleitoral do Confea (Conselho Federal de Engenharia), que é nacional, com valor para todos os estados, assim, não tem o poder de determinar se as eleições devem ocorrer de forma on-line ou presencial. Sobre a decisão do desembargador, o Crea-SP apresentará recurso.

O que diz o Crea-SP

O Crea-SP segue o regulamento do processo eleitoral do Confea (Conselho Federal de Engenharia), que é nacional, com valor para todos os estados, assim, não tem o poder de determinar se as eleições devem ocorrer de forma on-line ou presencial. Sobre a decisão do desembargador, o Crea-SP apresentará recurso.

*Com informações do repórter Marcelo Mattos