Eletronuclear prevê retomada das obras em Angra 3 até março

  • Por Jovem Pan
  • 10/02/2020 07h10 - Atualizado em 10/02/2020 07h11
Agência BrasilProposta de parceria para conclusão das obras deve estar pronta em março

O governo brasileiro pretende retomar ainda neste ano as obras na usina nuclear de Angra 3. Deve ser aprovado, até março, um modelo de parceria com o setor privado para que a usina seja concluída.

Quatro empresas já manifestaram interesse: a norte-americana Westinghouse, a russa Rosatom e as chinesas CNCC e Spic. O presidente da Eletronuclear, Leonam Guimarães, disse que a licitação é complexa.

“Qualquer modelo que seja, envolve inúmeras partes interessadas, é muita gente envolvida. Tesouro Nacional, Ministério da Economia. É difícil chegar a uma costura em que todos estejam de acordo.”

As operações comerciais de Angra 3 devem começar em 2026.  As obras de construção da usina nuclear foram iniciadas na década de 1980, mas foram paralisadas por falta de financiamento. 

Os trabalhos retornaram em 2010, mas, em 2015, voltaram a ser suspensos por suspeita de corrupção, depois que a Operação Lava Jato apurou irregularidades nos contratos.

O presidente Jair Bolsonaro prometeu concluir Angra 3 e também disse estudar a instalação de novas usinas desse tipo. A ideia é expandir a participação da energia nuclear na matriz energética brasileira.

Atualmente, essa fonte de energia corresponde a apenas 3% do que é produzido no país.