Em acordo, May abre possibilidade de novo referendo sobre o Brexit

A data limite para a saída era 29 de março de 2019

  • Por Jovem Pan
  • 22/05/2019 08h57
EFEO Reino Unido decidiu sair do bloco europeu depois de um referendo em junho de 2016

A primeira-ministra do Reino Unido, Theresa May, admitiu a possibilidade de uma nova votação popular sobre o Brexit. Nesta terça-feira (21), ela apresentou uma nova proposta de acordo para a saída do Reino Unido da União Europeia.

May afirmou que, se o parlamento aprovar este novo acordo, os parlamentares podem decidir se vão apresentar o texto aos eleitores britânicos e fazer um segundo referendo sobre o assunto.

Além desta possibilidade de uma segunda votação, os principais pontos da proposta que May apresentou ao parlamento são a manutenção de uma união aduaneira limitada e temporária com a UE, a obrigação de o Reino Unido sugerir uma alternativa para a questão da Irlanda do Norte até o fim de 2020, e a garantia de que as leis trabalhistas e ambientais do país vão continuar alinhadas às europeias.

O Reino Unido decidiu sair do bloco europeu depois de um referendo em junho de 2016. Este é o quarto acordo para a saída que Theresa May apresenta ao parlamento, que já recusou outras três propostas.

A data limite para a saída era 29 de março de 2019, mas a falta de acordos esticou esse prazo para o dia 31 de outubro.

*Informações da repórter Mariana Janjácomo