Em duas horas, dois carrinhos de ambulantes explodem na praia, em Santos

  • Por Jovem Pan
  • 30/12/2019 10h27 - Atualizado em 30/12/2019 21h28
Alex Ruffo/Jovem PanCarrinhos de pastel e milho registraram vazamento de gás

Turistas foram surpreendidos, neste domingo (29), pela explosão, seguida de incêndio, de um carrinho de pastel na praia do Gonzaga, em Santos, no litoral de São Paulo – uma das mais cheias da orla. A fumaça preta causada pelo fogo assuntou os frequentadores da praia e pôde ser vista por banhistas que estavam a dois quilômetros de distância do local do acidente.

De acordo com moradores e frequentadores das praias da cidade, outro acidente semelhante aconteceu há cerca de um ano. O problema foi causado pelo vazamento de gás no mesmo tipo de carrinho. Anualmente, pelo menos três casos como esse são reportados por ano na orla santista.

O proprietário do carrinho que pegou fogo, Douglas, explica como tudo aconteceu. “Liberou o gás e, como o fogo estava ligado, o gás chegou até o fogão e houve a explosão. Como a gente trabalha com isopor por causa das embalagens, batatas fritas, e óleo na faixa de 180º, o óleo subiu ainda mais de temperatura e também começou a pegar fogo. O que podíamos fazer era esperar o gás acabar e abafar com areia, porque não adianta jogar água, acaba estourando óleo para todo mundo”, disse.

Segundo ele, não há muito o que fazer para evitar esse tipo de acidente. “É algo que pode acontecer até dentro de casa. Já vi muita residência pegar fogo, já participei de incêndio em prédio justamente por óleo esquecido na fritadeira. Então fatalidades podem acontecer”, afirmou.

Duas horas depois do ocorrido, outro incêndio foi registrado: dessa vez, em um carrinho de milho – provavelmente causado, também, por um vazamento na mangueira do botijão de gás.

*Com informações do repórter Alex Ruffo