Em evento evangélico, Bolsonaro diz que Estado é laico, mas ele não

  • Por Jovem Pan
  • 10/02/2020 06h27 - Atualizado em 10/02/2020 09h35
Alan Santos/PR Jair Bolsonaro discursou em evento evangélico realizado em Brasília

O presidente Jair Bolsonaro participou neste final de semana um evento evangélico, realizado no Estádio Nacional Mané Garrincha, em Brasília.

No palco do Descende Brasil, Bolsonaro cumprimentou a plateia chamando-a de “ponto de inflexão” nas eleições de 2018, quando foi eleito para o Palácio do Planalto.

O presidente voltou a dizer que o Estado pode ser laico, mas que ele é cristão, arrancando aplausos da plateia. 

“Devo a vocês a missão de dar o norte para o destino do nosso Brasil. O Estado pode ser laico, mas Jair Bolsonaro é cristão.”

Logo após afirmar que se ele “não sabe o que está fazendo no cargo, Deus sabe”, o presidente garantiu ainda que pede sabedoria e coragem para decidir o futuro do Brasil. Em seguida, Bolsonaro voltou a falar sobre aquilo que definiu como “ataques e perseguições”. 

“Eu sabia que não ia ser fácil, perseguições teriam, ataques e incompreensões, lutas por poder. Mas sabia, acima de tudo, que teria sempre o povo ao nosso lado”.

Segundo os organizadores, o evento reuniu cerca de 27 mil pessoas no gramado e nas arquibancadas do Mané Garrincha. A ida de Bolsonaro, embora esperada, não estava prevista na agenda presidencial divulgada pela Secretaria de Comunicação do Palácio do Planalto (Secom).

* Com informações do repórter Antônio Maldonado.