Em plenário virtual, 2ª Turma começa a analisar novo pedido de liberdade de Lula

  • Por Jovem Pan
  • 04/05/2018 07h50
EFE/Antonio LacerdaDe helicóptero, ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva chega à sede da Polícia Federal em Curitiba após ser preso em 7 de abril

A Segunda Turma do Supremo Tribunal Federal (STF) julgará a partir desta sexta-feira (4) um pedido de liberdade apresentado pela defesa do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT). Lula está preso desde o mês passado na carceragem da Polícia Federal, em Curitiba.

O julgamento será em plenário virtual, e os ministros têm até 10 de maio, próxima quinta-feira, para apresentar os votos. O resultado deverá ser conhecido até o dia 11 de maio.

Lula apresentou recurso contra a decisão do ministro Luiz Edson Fachin de rejeitar um pedido da defesa para que o ex-presidente não fosse preso. Os advogados argumentaram que a prisão de Lula não poderia ter sido decretada porque ainda havia embargos de declaração pendentes de análise no Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF4).

Julgarão o pedido de Lula os ministros: Luiz Edson Fachin; Gilmar Mendes; Ricardo Lewandowski; Dias Toffoli e Celso de Mello.

As informações são do repórter Afonso Marangoni