Em posse, Boris Johnson é alvo de protestos e afirma que Brexit sai mesmo sem acordo

  • Por Jovem Pan
  • 25/07/2019 07h25
EFEBoris Johnson se encontrou com a rainha Elizabeth no Palácio de Buckingham

O novo primeiro-ministro do Reino Unido, Boris Johnson, falou que o país vai deixar a União Europeia (UE) em 31 de outubro. Ele também disse que não quer que o Brexit aconteça sem um acordo, mas que o Reino Unido precisa se preparar para isso, pois essa possibilidade “é remota, mas existe”.

Johnson tomou posse nesta quarta-feira (24) e já se encontrou com a Rainha Elizabeth. Membros do novo gabinete escolhidos por ele também foram ao escritório do número 10, da Downing Street, endereço historicamente ocupado pelos primeiros-ministros do Reino Unido.

A posse do líder do Partido Conservador foi marcada por protestos da oposição. Em Londres, os manifestantes seguravam cartazes com dizeres contra Johnson e contra o Brexit. Os policiais precisaram tirar do meio da rua um grupo de ambientalistas, que tentou bloquear o caminho do novo primeiro-ministro. Eles seguravam uma faixa pedindo atenção para emergências climáticas.

Johnson é a favor da saída do Reino Unido da UE, o Brexit, que deveria ter acontecido no fim de março deste ano. Como a primeira ministra anterior, Theresa May, não conseguiu o apoio dos deputados para o pacto com o bloco europeu, o prazo foi adiado.

Essa dificuldade em lidar com o Brexit fez com que May renunciasse ao cargo. Em seu discurso de despedida, que também aconteceu nesta quarta-feira (24), May parabenizou Johnson e desejou a ele e ao governo sorte dos meses que estão por vir.

*Com informações da repórter Mariana Janjácomo