Em um ano, quase oito milhões de brasileiros foram vítimas de algum tipo de fraude

  • Por Jovem Pan
  • 26/11/2018 06h30 - Atualizado em 26/11/2018 08h25
Marcos Santos/USP ImagensSegundo o levantamento, a clonagem do cartão de crédito é o golpe mais comum, responde por 41% das ocorrências

Quase oito milhões de pessoas foram vítimas de algum tipo de fraude no Brasil nos últimos 12 meses. É o que revela uma pesquisa feita pelo SPC Brasil e pela Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas.

Segundo o levantamento, a clonagem do cartão de crédito é o golpe mais comum, responde por 41% das ocorrências. Na sequência, aparecem a contratação de empréstimos por terceiros, utilização de documentos para abertura de crediário, pagamento de boletos falsos, falsificação de cheques e clonagem de placa de veículo.

De acordo com o superintendente de Finanças do SPC, Flávio Borges, além do prejuízo, fica o problema da burocracia. Ele acrescentou ainda que a maior parte das vítimas de fraudes no cartão de crédito são das classes A ou B, que têm mais acesso a esse meio de pagamento.

Ainda constatado no levantamento, em cada dez avisos de perda ou furto de documentos protocolados no SPC Brasil, quatro foram feitos entre janeiro e março – período que coincide com o Carnaval e com as férias, quando as pessoas geralmente viajam e participam de atividades com grande aglomeração.

*Informações do repórter Vitor Brown