Embratur fala em ‘equívoco’ após compartilhar post de turista que diz não recomendar o Rio

  • Por Jovem Pan
  • 06/02/2020 06h37 - Atualizado em 06/02/2020 08h11
reprodução Brasileira falou sobre a violência no Rio em um post compartilhado na conta oficial da Embratur

A Agência Brasileira de Promoção Internacional do Turismo (Embratur) compartilhou em sua conta oficial no Instagram um relato em inglês de uma turista brasileira que mora na Alemanha há seis anos, e afirmou ter sido assaltada no Rio de Janeiro. A curitibana disse não recomendar a visita à cidade. A postagem ficou visível durante um bom tempo.

Na mensagem original, a viajante enfatizou que a cidade é bonita, mas que beleza não é tudo. Ela contou que, nos três dias que passou no Rio de Janeiro com familiares, foram assaltados e a irmã, de nove apenas anos de idade, testemunhou um roubo violento.

No relato, não recomenda a viagem ao local onde sentiu medo até de deixar o apartamento onde estava hospedada. A mulher encerra o texto dizendo esperar que, no futuro, a situação melhore e que os turistas possam aproveitar as belezas do Rio. Ela descreve que a viagem serviria como uma oportunidade de apresentar seu país ao noivo, que nunca tinha vindo ao Brasil, e passar um tempo com a família.

Em nota, a Embratur reconheceu que seu post foi um equívoco e que trabalha para a promoção internacional do turismo no país.  Já a Riotur lamentou o ocorrido e apontou que essa não se trata da opinião da maioria dos visitantes, acrescentando que a violência não é uma exclusividade do Rio de Janeiro. A Secretaria Estadual de Turismo Fluminense, por sua vez indicou que a Embratur e a Polícia Federal investigam a possibilidade de um hacker ter feito a postagem.

* Com informações do repórter Daniel Liam.