Empresa envolvida na obra de ciclovia Tim Maia no RJ integra consórcio que vai modelar venda da Cedae

  • Por Jovem Pan
  • 16/08/2017 07h13 - Atualizado em 16/08/2017 12h02
Rio de Janeiro - Interdição após desabamento de parte da recém-inaugurada ciclovia Tim Maia, na Avenida Niemeyer, durante uma ressaca no mar de São Conrado (Fernando Frazão/Agência Brasil)No ano passado, uma tragédia atingiu o nome da Concremat com a queda da passarela Tim Maia

A Concremat, empresa envolvida em uma tragédia no Rio de Janeiro no ano passado, faz parte do consórcio vencedor de uma licitação para a escolha do grupo da empresa que vai modelar a venda da CEDAE, companhia de água e esgoto do Estado.

O processo de escolha vem sendo conduzido pelo BNDES que divulgou nesta terça-feira (15) o resultado do certame que contou com a participação de maios de dez empresas.

A Concremat ganhou junto com um escritório de advocacia e outra companhia parceira. O preço oferecido é 75% do teto estabelecido pelo BNDES, cerca de R$ 6 milhões foi a oferta do grupo.

No ano passado, uma tragédia atingiu o nome da Concremat com a queda da passarela Tim Maia, que ruiu ao ser atingida por fortes ondas. Há processos tramitando na Justiça contra representantes da Prefeitura, Concremat e empresas que supervisionavam a obra.

*Informações do repórter Rodrigo Viga