Empresa que superfaturou no Mané Garrincha vence licitação para reconstruir viaduto em Brasília

  • Por Jovem Pan
  • 17/08/2018 06h37
Marcelo Camargo/Agência BrasilSegundo informações do DER, o Departamento de Estradas e Rodagens, o valor obtido no pregão é menor que o esperado

O governo do Distrito Federal concluiu a licitação para reconstruir o viaduto que desabou na região central de Brasília, em fevereiro. A vencedora foi a Via Engenharia, que conseguiu a obra por R$ 10,9 milhões.

A empresa, entretanto, é investigada de superfaturamento na construção do estádio Mané Garrincha, também na capital, que foi o mais caro da Copa de 2014. O dono da construtora, Fernando Queiroz, é réu por corrupção nas obras da arena.

A Via Engenharia concorreu com outras cinco companhias pela construção do viaduto.

Segundo informações do DER, o Departamento de Estradas e Rodagens, o valor obtido no pregão é menor que o esperado. A expectativa era de quase R$ 13 milhões.

Agora, começa o prazo de três dias úteis para quem quiser contestar a licitação. A previsão é que a reforma seja concluída até dezembro.

Na manhã do dia 06 de fevereiro, duas das seis faixas do viaduto desabaram. Por sorte, ninguém se feriu. Quatro carros e um restaurante foram atingidos.

A princípio, o governo do Distrito Federal não queria demolir o resto da estrutura, mas foi contestado por engenheiros da UnB, que recomendaram a demolição completa. Em março, o governo acabou derrubando todo o local.

*Informações do repórter Levy Guimarães