Empresário brasileiro e filho morrem soterrados em Portugal

  • Por Jovem Pan
  • 03/02/2020 07h58 - Atualizado em 03/02/2020 08h35
Reprodução O empresário Rui Cordeiro, de 53 anos, e o filho, Gonçalo Duarte, de 30, que morreram em Portugal

O empresário Rui Cordeiro, de 53 anos, e o filho, Gonçalo Duarte, de 30, morreram soterrados em uma fossa em Portugal. A família é dona da empresa Palmito da Fazenda, e tinha uma propriedade de suinocultura e cultivo de palmito em Vila Chamusca.

Rui e Gonçalo caíram na fossa ao tentar resgatar um funcionário da fazenda que se acidentou ao fazer a limpeza do local. Os corpos foram localizados com ajuda de equipamentos e retirados com um guincho. A polícia judiciária de Leiria afastou a possibilidade de crime.

Apesar disso, a PJ vai encaminhar um relatório para o Ministério Público.Pelo Facebook, a empresa palmito da fazenda decretou luto. Rui cordeiro também era dono das empresas Captágua, Tubofuro e do hotel Lisotel.

O empresário estava em Chamusca para encontrar o presidente da Câmara, Paulo Queimado.

* Com informações da repórter Nanny Cox.