Empresários apresentam a Bolsonaro agenda de pautas e reivindicações para crescimento econômico

  • Por Jovem Pan
  • 23/10/2018 06h39
Reprodução/TV RecordOs empresários colocaram-se à disposição do candidato para ajudar a retomada da atividade econômica, mas apresentaram suas pautas e reivindicações

Entidades empresariais apresentam ao candidato do PSL à Presidência, Jair Bolsonaro, pautas para crescimento, geração de emprego e renda no país.

Uma coalizão empresarial se reuniu com o candidato nesta segunda-feira (22) na casa dele, na Barra da Tijuca, e apresentou uma agenda, de olho em eventual vitória do capitão da Reserva no domingo (28). Estiveram representantes de setores siderúrgicos, máquinas e equipamentos, construção civil, químico, têxtil, comércio exterior, petróleo, gás e energia.

Os empresários colocaram-se à disposição do candidato para ajudar a retomada da atividade econômica, mas apresentaram suas pautas e reivindicações.

O setor de óleo e gás, por exemplo, segundo o consultor Adriano Pires, quer a manutenção do calendário de leilões e redução na tarifa de energia.

A indústria pesada, que teve como porta-voz o presidente-executivo do Instituto Aço Brasil, Marco Polo Lopes, disse que a agenda do setor e do País tem de incluir as reformas tributária, previdenciária, ajuste fiscal e abertura do Brasil ao comércio exterior diante de algumas contrapartidas.

O eventual futuro ministro da Casa Civil, Onyx Lorenzoni, assumiu o compromisso de zerar o déficit fiscal do país em até dois anos: “dentro de espaço dos dois primeiros anos ele tem condição de reequilibrar o país fiscalmente, o que seria um feito extraordinário”.

Os empresários querem encontro com economista Paulo Guedes na próxima semana em caso de vitória de Bolsonaro nesta eleição.

Confira a cobertura completa das Eleições 2018

*Informações do repórter Rodrigo Viga