Empresários e autoridades ligadas ao agronegócio defendem renovação em fórum

  • Por Jovem Pan
  • 02/10/2017 06h50 - Atualizado em 02/10/2017 11h50
ANPRDepois da lei que determina que a contribuição sindical seja voluntária, a relação entre o produtor e as instituições que o representam foi modificada

Empresários, políticos e autoridades ligadas ao agronegócio defendem a renovação na liderança de entidades de classe.

Durante o Sexto Fórum Nacional de Agronegócios, promovido pelo LIDE, os debatedores discutiram formas de fazer uma transição saudável e reforçaram a necessidade de renovação.

Depois da lei que determina que a contribuição sindical seja voluntária, a relação entre o produtor e as instituições que o representam foi modificada.

De acordo com o diretor da Federação da Agricultura e Pecuária de Mato Grosso, Rui Prado, o sistema deve ser reinventado e para que isso seja possível, a mudança de liderança precisa acontecer: “em todas as instituições que representam os produtores rurais, nós não devemos ficar na contramão da história”.

O deputado Nilson Leitão, quando virou presidente da Frente Parlamentar da Agropecuária, mudou o mandato de quatro anos para apenas um.

O deputado afirmou que é inviável uma pessoa permanecer por mais de dois anos na posição de liderança: “o problema não é quem vai assumir, mas o que você deseja para o setor. Quem assumir vai seguir um bom planejamento”.

Segundo o coordenador da GV Agro, Roberto Rodrigues, a discussão a respeito da sucessão em entidades é a mais urgente: “elas representam o produtor dos diferentes segmentos do agronegócio brasileiro, e isso exige no momento atual muita presença e capacidade técnica”.

O chairman do LIDE, Luiz Fernando Furlan, elogiou as entidades do agronegócio e fez uma ligação com a sucessão na política: “na agricultura vimos três exemplos de entidades que colocaram regras de governança, porque atrai os jovens e você vai tendo mais participação. Teve até paralelo com sucessão política, sobre a necessidade de renovação”.

O Sexto Fórum Nacional de Agronegócios foi promovido pelo LIDE – Grupo de Líderes Empresariais e foi realizado no Hotel Royal Palm Plaza de Campinas.

*Informações da repórter Nanny Cox