Empresas de ônibus interestaduais temem colapso do setor com falta de viagens

  • Por Jovem Pan
  • 19/03/2020 07h00 - Atualizado em 19/03/2020 09h03
Nesta quarta-feira (18), as empresas do setor pediram a suspensão das cobranças do PIS, Cofins, ICMS e Cide por seis meses

Em meio ao rápido avanço de coronavírus na América Latica, a ANTT suspendeu viagens internacionais de ônibus pelos próximos 60 dias. A decisão da ANTT ocorre em um momento que o setor de transportes vê uma queda de 60% da demanda por viagens terrestres.

Nesta quarta-feira (18), as empresas do setor pediram a suspensão das cobranças do PIS, Cofins, ICMS e Cide por seis meses. A proposta da Associação Nacional de Transportes Rodoviários de Passageiros encaminhada aos governos estaduais e federal inclui a desoneração da folha de pagamento para evitar demissões.

De acordo com o diretor da entidade, Flávio Maldonado, o prolongamento da situação pode levar ao colapso do setor. “Ainda pode levar a um desemprego de cerca de 500 mil pessoas.”

Segundo a Anatrip, as demandas são semelhantes ao que foi concedido às empresas de transporte aéreo.

O Ministério da Infraestrutura disse que estudará os pedidos. A Receita Federal não quis se manifestar.

*Com informações da repórter Nanny Cox