Ernesto Araújo: Brasil vai provar que é ‘herói’ de preservação

  • Por Jovem Pan
  • 29/08/2019 07h17
EFEO ministro disse que ofensas de Macron não foram apenas a Bolsonaro, mas para todo o Brasil

Em meio a onda de críticas e cobranças internacionais em relação às políticas ambientais brasileiras, o ministro das Relações Exteriores, Ernesto Araújo, disse, nesta quarta-feira (28), que acredita que o Brasil vai provar para outros países que é uma nação que preserva o meio ambiente. A declaração foi dada durante um encontro com empresários no Rio de Janeiro.

“O Brasil vai mostrar e provar ao mundo que é herói de sustentabilidade, preservação do meio ambiente e da Amazônia, e não um vilão nesse tema” afirmou, acrescentando que há muita “desinformação” e interesses econômicos por trás dessas cobranças, uma vez que o Brasil está cada vez mais próximos dos Estados Unidos, fechando acordos comerciais diversos e atuando na linha de frente do comércio global.

As críticas mais duras à situação na Amazônia vieram do presidente da França, Emmanuel Macron, que chegou a chamar o presidente Jair Bolsonaro (PSL) de “mentiroso”. Bolsonaro também foi duro e áspero na resposta ao francês usando, inclusive, as redes sociais.

Araújo afirmou que Macron foi infeliz ao ofender o presidente brasileiro já que, ao fazer isso, o presidente francês estava, na verdade, ofendendo a sociedade brasileira. “Isso não ajuda, ainda mais porque não há elemento nenhum para sustentar essa afirmação de que o presidente teria mentido. Eu acho que o povo brasileiro está reunido ao redor do seu chefe de Estado, no sentido de não concordar com esse tipo de tratamento, e acredito que grande parte do povo brasileiro acha que Bolsonaro reagiu da forma que precisava que reagir”, concluiu o ministro.

*Com informações do repórter Rodrigo Viga