‘Está baseada na lei’, diz Marina após decisão do TSE sobre candidatura de Lula

  • Por Jovem Pan
  • 04/09/2018 08h10 - Atualizado em 04/09/2018 08h12
EFE/Joédson AlvesPara Marina Silva, a decisão do Tribunal é correta por se basear na lei

Marina Silva concordou com decisão do Tribunal Superior Eleitoral sobre candidatura do ex-presidente Lula e disse que candidatos têm que responder pelos erros.

Nesta segunda-feira (03), a candidata da Rede Sustentabilidade ao Planalto apresentou propostas ao movimento Agora, organizado pela sociedade civil. Ela comentou sobre a suspensão da candidatura de Lula por parte do TSE e o futuro da corrida eleitoral com as mudanças na chapa petista.

Para Marina Silva, a decisão do Tribunal é correta por se basear na lei: “a decisão do TSE está baseada na lei. Ninguém que foi condenado em segunda instância pode ser candidato. A escolha de quem é o candidato não pertence a quem quer que seja”.

Marina criticou também o governo de Dilma Rousseff, questionando o tamanho do desemprego após o período de pleno emprego.

Nesta terça-feira (04), a candidata da Rede ao Planalto será sabatinada por um site de notícias em São Paulo. Depois, ela viaja para o Rio de Janeiro, visita um projeto social e tem encontro com artistas.

Confira a cobertura completa das Eleições 2018

*Informações do repórter Matheus Meirelles