Estradas brasileiras têm mais de 2400 pontos vulneráveis à exploração sexual infantil

  • Por Jovem Pan
  • 15/05/2018 08h01
Juca Varella/Fotos PúblicasPolícia Rodoviária Federal já fez mais de 4700 resgates de menores de idade nas estradas do País

As estradas brasileiras possuem 2487 pontos vulneráveis à exploração sexual de crianças e adolescentes. Os dados vêm de um estudo da Polícia Rodoviária Federal junto com a ONG Childhood Brasil.

O índice cresceu 20%  em relação ao ano passado. Por outro lado, em comparação ao biênio 2013/2014 a pesquisa aponta uma queda de 14% dos pontos considerados críticos, onde a possibilidade de exploração é ainda maior. São pontos vulneráveis locais potencialmente perigosos para menores de idade levando em conta critérios como prostituição e parada noturna de caminhoneiros.

De acordo com a Polícia Rodoviária, são lugares como postos de combustíveis, bares, casas de shows. Quase 60% por cento deles estão em áreas urbanas. Os estados que oferecem mais riscos aos jovens são Ceará, com 81 pontos críticos, e Goiás, com 55. O levantamento é feito desde 2005. Segundo os cálculos da PRF, durante esse tempo mais de 4700 resgates de menores de idade já foram feitos nas estradas do País, 121 deles no ano passado.

*Com informações do repórter Levy Guimarães