Estudo da USP e da UNESP aponta que São Paulo tem queda na taxa de ocupação de UTI

Só quatro regionais estão com taxas acima de 70%: Bauru, Sorocaba, São João da Boa Vista e Ribeirão Preto

  • Por Jovem Pan
  • 25/07/2021 09h12
PAULO MUMIA/ENQUADRAR/ESTADÃO CONTEÚDONo entanto, os resultados ainda são tímidos e, por isso, os especialistas reforçam a necessidade de manter os cuidados

Um estudo feito pelo projeto de São Paulo Covid-19 Info Tracker, feito por pesquisadores da USP e da Unesp, apontou queda na ocupação de leitos de UTI no Estado. Foram 5,5 pontos percentuais em um intervalo de sete dias, passando de uma ocupação de 62% para 56,5%. Em maio, a situação era pior: 16 dos 23 departamentos regionais de saúde tinham apresentado alta na taxa das internações. Agora, só quatro regionais estão com taxas acima de 70%: Bauru, Sorocaba, São João da Boa Vista e Ribeirão Preto. De acordo com o governo estadual, a taxa de ocupação de leitos de UTI na última sexta-feira ficou em 58,3% na grande São Paulo e 53,6% na região metropolitana. Segundo a pesquisa, este é um reflexo da ampliação da vacinação no país. No entanto, os resultados ainda são tímidos e, por isso, os especialistas reforçam a necessidade de manter os cuidados — sobretudo o uso de máscara e o distanciamento social.

*Com informações da repórter Camila Yunes