EUA e China estão comprometidos a cooperar diante da crise climática

Nota foi emitida após uma viagem a Xangai do enviado dos Estados Unidos para o clima, John Kerry

  • Por Jovem Pan
  • 18/04/2021 09h11
EFE/EPA/MONIRUL ALAMBiden tem enfatizado e colocado em primeiro plano a necessidade de combate às mudanças climáticas, se opondo às políticas de Trump

Em um comunicado conjunto, China e Estados Unidos afirmaram que estão “comprometidos a cooperar” no combate às mudanças climáticas. A nota foi emitida após uma viagem a Xangai do enviado dos Estados Unidos para o clima, John Kerry. As duas nações juntas correspondem a quase metade das emissões de gases de efeito estufa. No comunicado, China e Estados Unidos listaram uma série de ações conjuntas para minimizar os impactos ambientais.

O presidente norte-americano, Joe Biden, tem enfatizado e colocado em primeiro plano a necessidade de combate às mudanças climáticas, se opondo às políticas de Donald Trump, que não priorizavam o tema. Os Estados Unidos ingressaram novamente no Acordo de Paris de 2015.  John Kerry se comprometeu com os países em manter o aumento de temperatura em no máximo dos dois graus Celsius acima dos níveis pré-industriais. Ele foi o foi o primeiro funcionário do governo do presidente do governo Biden a visitar a China, ampliando a expectativa de trabalho em conjunto por parte as nações.

*Com informações da repórter Camila Yunes