EUA oferecem milhões de dólares por três ex-chefes de polícia da Venezuela

De acordo com as investigações, eles se aproveitaram dos cargos para abrir caminhos e importar drogas para os EUA

  • Por Jovem Pan
  • 30/09/2020 06h09 - Atualizado em 30/09/2020 08h42
EFE/ Rayner PeñaNo início deste ano, o Departamento de Justiça americano ofereceu US$ 15 milhões por informações

A justiça dos Estados Unidos está oferecendo US$ 20 milhões, o equivalente a R$ 112 milhões, para quem der informações que levem à prisão de três ex-chefes de polícia da Venezuela. São considerados foragidos Pedro Luis Martín Olivares, ex-chefe de Inteligência Econômica do Serviço Bolivariano de Inteligência Nacional; Rodolfo McTurk Mora, ex-chefe da Interpol na Venezuela; e Jesús Alfredo Itriago, ex-chefe de narcóticos da polícia científica.

De acordo com as investigações, eles se aproveitaram dos cargos para abrir caminhos e importar drogas para os Estados Unidos entre 2013 e 2015. No início deste ano, o Departamento de Justiça americano ofereceu US$ 15 milhões por informações que levassem a prisão do presidente venezuelano Nicolás Maduro, apontado como líder de um cartel de drogas por Washington.

*Com informações da repórter Livia Fernanda