EUA: Tensão para chegada do Dorian deixa cidades sem água, alimentos e gasolina

  • Por Jovem Pan
  • 02/09/2019 07h47 - Atualizado em 02/09/2019 10h06
EFEFuracão está na categoria 5, a mais alta existente

Depois de atingir às Bahamas neste domingo (1), com ventos de 295 km/h, a chegada do furacão Dorian à Flórida, nos Estados Unidos, causa tensão entre a população do país. A expectativa é que o fenômeno permaneça na categoria 5, a mais alta existente.

A preocupação fez com que as pessoas corressem para os mercados locais para comprar água, alimentos enlatados e para abastecer os carros, para o caso de uma eventual necessidade de evacuação. Com isso,  não há mais água e quase comida enlatada nas prateleiras dos supermercados. Ainda é possível encontrar gasolina  mas não sem certa dificuldade ou fila.

A cidade de Weston não está exatamente dentro do cone. Mesmo com uma trajetória imprevisível, que pode mudar a qualquer momento, espera-se que o furacão vá mais para costa, um pouco mais para norte, o que tranquilizou um pouco as pessoas.

Temos um clima de paranoia, quase de histeria, mas isso é justificável. A máxima que a população segue, no país, é aquele provérbio chinês que diz: “Prepare-se para o pior, espere o melhor e receba o que vier”.

*Com informações do repórter Rodrigo Constantino