Ex-secretário de Eduardo Paes é preso em desmembramento da Lava Jato no RJ

  • Por Jovem Pan
  • 03/08/2017 06h43 - Atualizado em 03/08/2017 07h06
Essa é a primeira vez que a Operação Lava Jato fluminense chega à esfera municipal

A Polícia Federal deflagrou na manhã desta quinta-feira (03) um desmembramento da Operação Lava Jato no Rio de Janeiro e prendeu o ex-secretário de obras na gestão do ex-prefeito Eduardo Paes. Alexandre Pinto foi preso logo no início da manhã, em casa, em um condomínio da Taquara, na zona oeste do Rio.

Agentes da PF estão nas ruas e cumprem 10 mandados de prisão – nove deles no Rio e um em Pernambuco. Há também um mandado de condução coercitiva em São Paulo. A operação foi batizada de Rio 40 Graus.

A denúncia partiu de acordo de delação premiada da Carioca Engenharia e corresponde a pagamento de propina e desvios nas obras da Transcarioca e da drenagem de córregos da Bacia de Jacarepaguá. A obra ficou pronta em 2014 e custou quase R$ 2 bilhões.

Os demais alvos da ação desta quarta são lobistas e fiscais de obras. Essa é a primeira vez que a Operação Lava Jato fluminense chega à esfera municipal.